Arquivo da tag: salgado

Caldo de galinha caseiro, prático, rápido e nutritivo

Faça um caldo de galinha caseiro, rápido, prático e nutritivo e nunca mais compre os industrializados!

Eu sempre fui muito viciada no gosto dos caldos industrializados, tenho uma super memória afetiva com eles pois me lembra a infância, quando meus pais cozinhavam e ainda usavam muitos industrializados em casa, paladar viciou né. Quando Francisco começou a comer eu fui atrás de uma opção saudável e achei muita coisa legal, cheguei nessa receita perfeita, que alia a nutrição que um caldo caseiro traz, com a praticidade que, realmente, preciso nessa vida. E, posso falar? O gosto é bem melhor que os industrializados, sinceramente não sinto falta nenhuma deles!

Se fizerem, mandem uma fotinha ou me marquem no instagram com a #onossoblog pra gente ver. =)

Caldo de galinha caseiro rápido, prático e nutritivo

Ingredientes:

  • 600gr de coxas de frango (pode-se usar qualquer parte do frango e até um frango inteiro, eu escolhi as coxas pois, apesar de não usar o frango Korin em casa – por motivos de $$ – eu gosto de usar ele pra fazer o caldo e a coxa é o corte mais barato, pago na faixa de R$ 6,00 a bandeja);
  • 1 cebola grande;
  • 4 dentes de alho;
  • 1 cenoura grande;
  • 1 tomate grande
  • 3 folhas de louro;
  • Um punhado de cheiro verde;
  • Um punhado de alho poró;
  •   Água o quanto baste (a quantidade vai depender do tamanho da sua panela, eu geralmente faço em panela de 5 a 6 litros).

Modo de fazer:

Cortar todos os ingredientes, menos o frango, em pedaços grandes e colocar para ferver com a água em uma panela, em fogo baixo. Deixar apurar por 2 a 3 horas.


Quando esfriar você pode finalizar de dois jeitos depois de tirar as coxas de frango e reserva-las:

  • Coar o caldo e dispensar o resto dos ingredientes;
  • Bater tudo no liquidificador (que é o jeito que faço e prefiro)

Armazenar congelando em embalagens próprias e do tamanho desejado (eu gosto de usar saquinhos de geladinho/sacolé/chupchup).

Usar o caldo onde desejar, para arroz ou feijão, molhos, sopas, polenta, risotos, omeletes etc.

Com as coxas eu fiz um molho de tomate com frango ensopado e comemos com macarrão, pensa numa coisa boa demais! =)