Arquivo do autor:Alice Ibelli

Sobre Alice Ibelli

Alice, mãe do Francisco, da Elis, do Raul e de dois gatos. Ex futura advogada e atual estudante de Pedagogia. Consultora de sling e fraldas de pano modernas e palpiteira de todos os assuntos referentes a maternagem. Tem como projeto de vida (e sonho) morar em um sítio e criar seus filhos saudáveis, livres e felizes.

Mais lanches práticos e saudáveis para a lancheira das crianças

Continuando o post da Carol sobre 9 receitas para a lancheira: saudáveis, versáteis e possíveis! Deixo aqui três receitinhas que são coringa em casa para a lancheira do Francisco. Gosto muito delas porque, primeiro, os bolinhos podem ser congelados. Dá pra fazer uma grande quantidade e tirar um na hora de montar a lancheira, super prático né? Segundo porque a tapioca é nutritiva e dá pra ter sempre na geladeira para, em 5 minutos, ter o lanche dos pequenos pronto. =)

Vamos as receitas?

Lancheira-saudável-O-Nosso-Blog-3

 

Continue lendo

Bomba de semente – como fazer uma lembrancinha fofa, barata e muito legal!

bomba-de-semente-O-Nosso-Blog-4

A um tempo atrás Francisco ganhou essa tal bomba de semente e eu me apaixonei pela ideia no ato! Tanto que vim trazer para vocês como fazer, tenho certeza de que vão se apaixonar também!

Consiste em uma bola de argila com sementes de girassol dentro, aí você planta a “bomba” em um vaso e vê seu crescimento. =)

Continue lendo

Pintura e caça aos ovos de Páscoa! Como se divertir um montão com as crianças nesse feriado.

 

Caça-aos-ovos-O-Nosso-Blog-12

A ideia de oferecer ovos na Páscoa vem de muito, mas muito tempo atrás, quando os egípcios e gregos costumavam trocar ovos de galinha na entrada da Primavera (21 de Março) para celebrar o fim do Inverno e o início de uma estação marcada pelo florescimento da natureza. Para obterem uma boa colheita, os agricultores enterravam ovos nas terras de cultivo. (fonte: Wikipédia).

E eu achei essa ideia tão legal que já fazem uns anos que tratamos a Páscoa como uma celebração mesmo, proporcionando mais do que chocolates, diversão para as crianças (não somos católicos, então não seguimos por esse lado).

Continue lendo